texto : Querido diário 11 de maio de 2012

sexta-feira, maio 11, 2012


 oi amigo, desde minha ultima aparição por aqui, muita coisa mudou, é! como por exemplo: Não estou mais namorando, então! eu terminei faz um tempo já, oque eu tenho pra dizer é que eu aprendi muita coisa com essa experiencia e também trouxe muita coisa dela como um coração partido e uma possível paixão "não correspondida" e noites em claro com pensamentos estúpidos de como eu podia ter feito a coisa diferente, lembrando de um momento nosso e ao mesmo tempo  tentando distrair a mente com outra coisa mais pra nada adianta porque meu pensamento automaticamente volta pra "ele".
    O dia amanhece me visto e vou para a academia, eu vou rezando,pedindo,fazendo prece, para que eu não o encontrasse no meio do caminho já que moramos tão perto, mais adiantou? não! agente sempre acaba se encontrando ambos de direções opostas e quando nos cruzamos, o silencio que houve entre nos foi ensurdecedor, olhares por baixo meu coração acelerado o vento bate no meu cabelo e por uma fração de segundos eu te perco de vista, continuo meu caminho colocando em minha cabeça que não tem mais volta e que o melhor que eu tenho que fazer é deixar para trás, pensei tudo isso porque a atitude dele de não falar acabou comigo, ora pois será que ele não sabia que só o "oi" dele iria me fazer abrir um sorriso e automaticamente dizer "ooooi", acho que não.
        A noite daquele dia chegou, eu sai de casa porque te juro se eu ficasse mais 20 min no meu quarto ia entrar em panico. Fui na casa de uma amiga até que me distrair e esqueci um pouco a loucura que estava acontecendo dentro de min mais não demora muito, e ele desce as escadas e abre o portão da sua casa e o vento trás o cheiro de seu perfume que empreguina todo meu sistema nervoso, por dentro : Coração acelerado, hormônios a flor da pele,frio na barriga,buraco no estomago, por fora: apenas um suspiro, e Ah logico que o sorriso bobo e involuntário veio em seguida eu pensei "calma logo,logo ele vai passar e essa loucura vai se acalmar" e advinha? eu estava errada de novo! ele puxou uma cadeira e sentou-se com agente, e novamente eu penso " tudo bem essa é uma maneira de superar, sou forte aguento isso(tudo isso)" Mais nada disso adiantou quando ele tocou em min! Porque sempre, SEMPRE que temos uma oportunidade de se falar "direito" ele toca em min eu apaixonadamente correspondo de alguma forma.
   E ele continuava dando sinais, tipo como pegou meu celular fingiu que estava ouvindo música, que mentira!!! ele estava curiando minhas sms's e bisbilhotando minhas fotos, e eu fotografando cada movimento seu na minha mente para depois analisar, e ter a certeza de que eu não estou ficando louca, (e mais uma vez) eu reflito deixa disso menina! mais quando eu voltei o meu olhar para ele percebo que ele está me olhado fixamente sem disfarçar,nossa!!! tudo bem, voltei a estaca ZERO, e refaço todos os pensamentos, nascem novas expectativas e lá se vai mais uma noite de sono.

    Parece Burro e inconsequente (eu sei) mais não me culpe sou fascinada por histórias de apaixonados e gosto mais ainda quando quando participo da história, Não me interprete mal por favor sou apenas uma garota e estou aprendendo sobre esse tal de Amor!

You Might Also Like

2 comentários

  1. Gostei muito!
    Débora queria muito que você visse uma pequena homenagem ao dia das mães lá no blog!

    http://psmylove4ever.blogspot.com.br/2012/05/mae-amor-eterno.html

    ResponderExcluir

INSTAGRAM